Como um veleiro consegue navegar quase contra o vento

Como um veleiro consegue velejar quase contra o vento?        
O princípio que faz um aeroplano voar é o mesmo que possibilita um veleiro ir quase totalmente contra o vento. Quando se soube que não é a pressão do vento sob as asas de um avião que mantém o avião no ar, mas o vácuo na superfície superior das asas, causado pelo fluxo do ar sobre a superfície recurvada, logo se constatou que o mesmo princípio poderia ser aplicado às velas do barco.

         O sopro do vento que passa a sotavento

         Quando navegamos no contravento, apenas uma pequena quantidade da força real do vento é utilizada na propulsão do barco. O melhor aproveitamento do vento acontece quando recebemos o vento por través. No vento de través as velas não fazem resistência contra o vento e o veleiro irá acumular a energia recebida, podendo, em determinados veleiros, ir mais rápido que o próprio vento.

Na figura acima podemos perceber que a sotavento (bordo de onde sai o vento) a quantidade de ar (moléculas) é bem menor que a barlavento, a parte que recebe a maior parte da força do vento. Essa diferença de pressão que gera a força que impulsiona o veleiro.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *